A importância de um sistema de apuração de custos no setor público

Sérgio Renato Pereira de Melo, Sérgio Ricardo Lélis de Oliveira, Paulo César Gonçalves de Almeida

Resumo


Trabalhar nos limites do equilíbrio, é a nova ordem global inserida nos "ditames" do mercado, prevalecendo também para o setor público, tendo em vista a recente sanção da Lei que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal. O paradigma "público" até pouco tempo pairava soberano sem questionamentos no âmbito da superestrutura. Entretanto, novos ares sopram atualmente. O "mercado" transformou-se no grande formulador do que deve e do que não deve ficar pendurado à administração pública. Portanto, só resta ao setor público cumprir as mesmas regras da iniciativa privada, especialmente no que concerne ao planejamento, ao remanejamento e flexibilização dos fatores de produção. Diante disso, este trabalho pretende demonstrar que o sistema de custeio baseado em atividades é um dos mais eficazes como ferramenta gerencial de grande significado para organizações, pois foi concebido para custos não somente de produtos (bens ou serviços), como também de outros objetos de custeio: processos, clientes, projetos, metas, programas de governo, unidades governamentais, entre outros e também a possibilidade de auxiliar o gestor a exercer as funções de planejamento e de controle de maneira mais eficaz. Esta situação chamou a atenção para desenvolvimento de um trabalho com a questão "custos no setor público" sendo bem enfatizada. A iniciativa propiciou muito mais que o pretendido entendimento da metodologia de custeio, trouxe nova filosofia, abriu novas perspectivas, bem como uma contribuição para o setor público implementar sua Gestão de Custos, baseado em algum sistema de custos já existente para poder sair do tempo que fornecia dados e entrar na era da informação, nesse trabalho mais especificamente o sistema de custos baseado em atividades.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Sérgio Renato Pereira de Melo, Sérgio Ricardo Lélis de Oliveira, Paulo César Gonçalves de Almeida

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 ISSN: 2446-9114 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

 

INDEXADORES
A Revista Mineira de Contabilidade (RMC) está indexada nos diretórios e bases que seguem:

Base Atena

Citações - Google Acadêmico

DOAJ (Directory of Open Access Journals)

DOI (Digital Object Identifier System Handbook)

LATINDEX (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de America Latina, el Caribe, España y Portugal. UNAM, Universidad Nacional Autónoma de Mexico) 

Spell (Scientific Periodicals Electronic Library)

Sumários.org (base indexadora de periódicos científicos brasileiros)

 

Directory of Open Access Journals   Resultado de imagem para latindex