Elementos de contabilidade na obra ‘O Egípcio’ de Mika Waltari

Carlos Alberto Serra Negra

Resumo


A análise literária de uma obra supõe não somente o entendimento
da história, mas também a verificação de seu conteúdo, discurso e contextualização sob vários aspectos, tais como temporalidade,
temas, sequência, signos e categorias. O objetivo deste artigo é mostrar elementos de Contabilidade na obra ´O Egípcio´, de autoria de Mika Waltari, e
contextualizá-los na sociedade da época e na atual. As contextualizações
dos elementos contábeis foram realizadas levando-se em consideração a Contabilidade Egípcia de mil anos antes de Cristo. A metodologia da pesquisa
consistiu basicamente de análise de conteúdo, com procedimentos
de pesquisa bibliográfica, caracterizando um estudo qualitativo. O corpo do texto possui duas grandes estruturas: a primeira mostrando elementos biográficos
do autor e literários da obra; e a segunda evidenciando elementos de  Contabilidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Carlos Alberto Serra Negra

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 ISSN: 2446-9114 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

 

INDEXADORES
A Revista Mineira de Contabilidade (RMC) está indexada nos diretórios e bases que seguem:

Base Atena

Citações - Google Acadêmico

DOAJ (Directory of Open Access Journals)

DOI (Digital Object Identifier System Handbook)

LATINDEX (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de America Latina, el Caribe, España y Portugal. UNAM, Universidad Nacional Autónoma de Mexico) 

Spell (Scientific Periodicals Electronic Library)

Sumários.org (base indexadora de periódicos científicos brasileiros)

 

Directory of Open Access Journals   Resultado de imagem para latindex